Registro de Imovel e outros custos!

Custos Imóvel
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest

Registro de Imovel e outros custos

 

A dúvida de muitos: Quanto pago no Registro de Imovel? Quais os outros custos eu terei?

Acredito que você também tenha esta dúvida, não é mesmo?

Saiba aqui quais são e quanto custarão os impostos no seu bolso!

Se você chegou até aqui então deve estar se preparando para uma VENDA ou AQUISIÇÃO de imóvel.

Neste caso, devemos ter em mente que no Brasil, país cheio de imposto, devemos nos planejar antes de tomar qualquer decisão.


Uma pergunta importante na hora de COMPRAR ou VENDER um imóvel são os CUSTOS envolvidos nessa negociação.

O que devo ou não contabilizar na hora de pensar em adquirir um imóvel? 

Acompanhe nossos itens abaixo sobre custos para

COMPRADORES

Apenas Compradores

Compradores

Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI)

ITBI é a sigla para Imposto de Transmissão de Bens Imóveis.

Quando é feita uma VENDA o ITBI é cobrado da parte COMPRADORA para fazer a transferência de um nome para o outro.

É um tributo  que deve ser pago ao municipio na aquisição do imóvel e a oficialização do processo de compra e venda só será feita após o seu acerto.

No caso de São Paulo a cobrança é de 3% do valor do imóvel e deve ser pago em uma única parcela.

O não pagamento tem incidência de juros de 1% ao mês e multa diária de 0.33%.

No caso de doação este imposto não é cobrado e sim o ITCMD!


ITCMD (Imposto sobre a Transmissão “Causa Mortis” e por Doação)

Este imposto é pago no caso de doação ou Herança. Quem está recebendo o imóvel que deve pagar este imposto.

Em São Paulo o valor é de 4% sobre o valor do bem recebido.

Escritura pública

Para quem não financiou o imóvel, é cobrada o valor da Escritura Pública. O custo é variável de acordo com o valor do imóvel. Deixaremos a lista de São Paulo com alguns exemplos:
A lista completa pode ser acessada pelo site Registradores.org.br

Tabela Escritura Publica

Escritura publica

Registro de imovel

Outra taxa cobrada pelo cartório e que vai ser calculada com base no valor de venda do imóvel. Deve ser paga após o ITBI e a escritura. O valor também pode ser consultado no site do Instituto de Registro Imobiliário do Brasil (IRIB).

Tabela Registro de Imovel

Tabela Registro de Imovel

Custo do financiamento

Custos Financiamento

Custo Financiamento

Em caso de utilização do banco para compra do imóvel, não deve-se observar apenas a Taxa de Juros. O comprador deve se atentar ao Custo Efetivo Total (CET), que é uma taxa que corresponde a todos os encargos e despesas incidentes nas operações de crédito, como seguros e serviços, que por vezes podem ser negociadas e até cortadas.
Veja agora tudo sobre FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO

Apenas Imóveis Novos

Apenas Imóveis Novos

Seguem abaixo as taxas que podem existir apenas em caso de imóveis novos.

Taxa de interveniência – Imóvel novo

Só é cobrada a taxa, de até 2% do imóvel, quando o comprador recebe as chaves e decide concluir o financiamento da casa ou apartamento em outro banco, que não o indicado pela incorporadora.

Taxa de cessão de contrato – Imóvel novo

É cobrado pela incorporadora quando o imóvel é vendido pelo primeiro dono com parcelas, referentes ao financiamento, em aberto. Como o negócio ainda não foi completamente quitado, é como se a casa ou aparamento ainda pertencesse à construtora que pede de 2% a 5% sobre o preço da unidade para repassá-la ao novo comprador, que passa a ser responsável pela conclusão do financiamento.

Taxa de evolução de obra – Imóvel novo

Custa em média 2% do valor do imóvel. Ela é paga à construtora e somente em caso de financiamento, onde o valor é diluído nas parcelas. É como se o comprador pagasse os juros dos produtos e equipamentos usados na obra durante o tempo de construção.


Acompanhe agora os custos para

VENDEDORES

Vendedores

Vendedores

Corretagem

O valor praticado pela Étic Imóveis é de 6% do valor de venda do Imóvel. Isso inclui toda documentação (Certidões Vendedores e Compradores), acompanhamento da negociação, ajuda no financiamento (se necessário), apoio jurídico e pós venda. Este valor é definido pelo órgão CRECI (Conselhro Regional de Corretor de Imóveis)

Imposto de renda sobre o ganho de capital 

Após vender o imóvel, é preciso considerar nos custos do imóvel pagar 15% à Receita Federal sobre os valores ganhos.

No entanto, como geralmente as taxas de ITBI, juros do financiamento e das corretagens estão atreladas ao preço do bem não há como há como fazer dedução.

O abatimento exato pode ser feito se as demais custas tenham sido pagas à parte.

Estará isento do imposto aquele que estiver vendendo o único imóvel e se o valor for inferior a R$ 440; quem destinar todo o dinheiro recebido na compra de outros imóveis residenciais no Brasil.

Porém, deve pagar o imposto proporcional ao montante que não for usado em um prazo de 180 dias após a venda.

Também terá direito às isenções quem não vendeu o imóvel residencial nos últimos cinco anos.

Despesas com documentação

O proprietário do imóvel precisa ter em mão diversas certidões antes de vender o bem. Despachantes e cartorários podem ajudar na obtenção desses documentos, mas para isso é cobrado um valor que, em média, varia de R$ 400 a R$ 600.

Em caso de negociação pela Étic Imóveis ,tiramos todas essas documentações sem custo.

 

EXTRA – IPTU
IPTU – COMO É CALCULADO?

IPTU

IPTU

Espero que tenha entendido melhor sobre o Registro de Imovel e outros custos que falamos!


Aproveitando..

Não perca nosso Guia do Proprietário, com todas as dicas e detalhes na hora que você decidir vender seu patrimônio.

Receba notícias Exclusivas

Quer fazer um bom negócio? Entre em nossa lista e receba informações relevantes para tomar as decisões corretas!!

Compartilhe este post com seus amigos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *